destaques

Artigo: A sua empresa joga para não perder ou para ganhar?
2017-03-20

“End of status quo” foi uma das principais mensagens que retive numa apresentação de Lisa Bodell, reconhecida futurista e especialista em processos de inovação, reinvenção de negócios e organizações, focadas em vencer no futuro. É um tema que promete provocar os líderes para a transformação incontornável das suas empresas, por forma a ganhar agilidade e rapidez, para responder às necessidades das gerações vindouras e para criar o valor que o futuro impõe.

Um estudo internacional recente mostra a forma como os gestores, em média,  alocam o seu tempo no dia-a-dia de trabalho:

  • 45% reuniões
  • 23% email
  • 18% trabalho de rotina
  • 14% trabalho importante

Com esta informação como ponto de partida, não será difícil perceber que as empresas vão precisar de uma revolução para abraçar o tema da inovação. Como se consegue?

Com uma mudança cultural e genuína, forte e persistente, normalmente associada a uma alteração da visão, que garanta uma evolução da:

  • cultura de gestão, para liderança
  • cultura do processo, para pessoas
  • cultura do produto, para  mercado
  • cultura do fazer, para  pensar
  • cultura da defesa, para ataque

Assumir que a sua empresa quer jogar para ganhar, assumindo naturalmente os riscos associados, será o primeiro passo para que a sua equipa sinta a confiança necessária para ser o agente da mudança.

Outros Destaques

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER E FIQUE A PAR DAS ÚLTIMAS NOVIDADES